Entrevista com o pré-candidato a prefeitura de Alagoinhas Radiovaldo Costa

1344 8
1344 8

O site NewsInfoco sai na frente na cobertura da eleição municipal 2016 em Alagoinhas. A partir desta semana, nosso site exibirá entrevistas exclusivas com os pré-candidatos à prefeitura de Alagoinhas. O primeiro desta série de entrevistas é o pré-candidato pela REDE, Radiovaldo Costa. Ele que tem 49 anos, desde cedo mostrou aptidão para politica, ainda estudante participou do movimento estudantil secundarista; mais tarde tornou-se Diretor do sindicato dos Químicos e Petroleiros da Bahia por 3 gestões e da Federação Única dos Petroleiros (FUP), por 2 gestões. Radiovaldo Santos Costa sempre teve participação ativa nos movimentos sociais da cidade de Alagoinhas e região, bem como de diversas atividades políticas.  Durante muito tempo militou no Partido dos Trabalhadores elegendo-se vereador por 3 vezes, sempre com votações expressivas. Devido ao belo desempenho de seus mandatos é considerado, segundo pesquisas, o melhor vereador de Alagoinhas. Atualmente, lidera a corrida eleitoral na maioria das pesquisas de intensões de votos para prefeitura de Alagoinhas e é o principal adversário da gestão do prefeito Paulo Cezar Simões. A partir de agora você acompanha o resultado dessa entrevista que o vereador e pré-candidato a prefeitura de Alagoinhas, Radiovaldo Costa (REDE), concedeu ao site NewsInfoco, o site que mais cresce em Alagoinhas e Região.

NEWSINFOCO: Pré-candidato Radiovaldo, como se deu sua migração do PT para o partido REDE?

Radiovaldo: Bem, a minha saída do PT, no dia 8 de dezembro, foi uma decisão coletiva de um grupo. Fizemos um analise da conjuntura politica local, dos desdobramentos políticos internos do PT e a partir disso, eu e esse grupo, nos afastamos do PT. Como eu tenho um mandato de vereador pelo Partido dos Trabalhadores, tem algumas regras que eu devo seguir para não perder meu mandato por infidelidade partidária. Por isso eu me desligarei oficialmente do PT no mês de março, mas já agora em janeiro, estaremos constituindo a REDE aqui na cidade e preparando o partido para o processo eletivo de 2016.

NEWSINFOCO: Com sua saída do PT houve uma debandada muito grande do partido, inclusive de pessoas ligadas ao Dep. Joseildo Ramos, tal qual seu ex-assessor Pedro Sobral. O senhor acha que com isso haverá problemas entre o senhor e o PT?

Radiovaldo: Eu disse em muitos locais que sou muito grato ao PT e saio de uma forma muito tranquila do partido. Sou muito grato as pessoas do partido; a minha saída se deu pela falta de espaço que eu não tinha mais no PT de Alagoinhas. A dificuldade de poder viabilizar uma candidatura minha para prefeito foi o principal fato para minha saída do partido. Saio do PT sem ter de mudar de posição politica, de ideologia e continuarei na oposição ao atual Governo Municipal de Alagoinhas. Irei compor a bancada de oposição em 2016 e fatalmente trabalharei junto com o vereador Luciano Sergio (PT), afinal temos o mesmo posicionamento politico. De fato é uma saída por falta de espaço no PT. Não acredito em problemas posteriores; estabelecerei uma relação harmônica com o PT, ainda que distinta, mas harmoniosa.

NEWSINFOCO: O senhor acha possível a composição de uma chapa REDE/PT em oposição ao candidato e a gestão do prefeito Paulo Cesar?

Radiovaldo: Bem, eu e os companheiros pretendemos montar uma frente de oposição ao Governo Paulo Cesar e seu candidato. Não queremos ser oposição por oposição, queremos ser oposição por não concordar com o que este governo faz nessa gestão; não concordamos com o que está aí há 7 anos. Queremos trabalhar para melhorar a qualidade de vida do povo de Alagoinhas, melhorar a aplicação dos recursos públicos, queremos mostrar um modelo de gestão que seja transparente, sintonizado com os diversos setores da sociedade de Alagoinhas e isso não é só uma ideia de minha cabeça, é uma ideia compartilhada por pessoas que vão também contribuir para isso. É uma equipe que mostrará serviço, composto também por lideranças politicas, e se o PT entender na sua tática que é possível participar dessa discussão, não criaremos empecilhos nisso. A única restrição que a gente coloca é que a nossa pré-candidatura não fechará aliança com Paulo Cezar. Isso não será possível em nenhuma hipótese. Nós também temos restrição politica, não necessariamente as pessoas que compõe esses partidos aqui em Alagoinhas, mas sim ao partido PSDB e ao Democratas, pois não temos interação politica alguma com eles.

NEWSINFOCO: O que o senhor tem feito para dar musculatura à sua candidatura?

Radiovaldo: Bem, nesse momento é importante ouvir a população, dialogar com as pessoas, ouvir as cobranças que a população tem com o Poder Público e os problemas que enfrentam. Nesse momento estamos buscando lideranças politicas e comunitárias da cidade para que apoiem a nossa candidatura. Nós temos esse contato com essas lideranças e durante esse mês de janeiro iremos intensificar isso. Iremos criar uma frente politica que irá apresentar um modelo de gestão para a cidade. Esse modelo de gestão não será apadrinhando por um dos pretensos candidatos ao governo do estado (ACM Neto e Rui Costa). No primeiro momento o que faremos é apresentar um modelo de gestão numa linha de independência. Estão existindo candidaturas que ou seguem a linha do governador Rui Costa ou seguem a linha do prefeito de Salvador, ACM Neto. O que queremos é ter uma frente que busque aprofundar e discutir a realidade de Alagoinhas; acho um equivoco pensar na eleição de 2018 em vez da eleição desse ano. É por isso que sou a favor da unificação das eleições. Hoje se faz a eleição de 2016 já pensando em 2018. Isso é um grande erro.

NEWSINFOCO: O senhor hoje é vereador da oposição, um papel de ataque. Se o senhor se eleger prefeito, passará a receber esses ataques, estará em uma posição de defesa. O senhor não teme isso?

Radiovaldo: Realmente é uma mudança drástica, pois você ser do Legislativo, ser opositor, é uma coisa, mas passar a ser o Gestor, executivo, passar a ser vítima da oposição, é outra. Mas pela experiência que tive nos últimos 7 anos na oposição, aprendi muito. Primeiro que a gente aprende a não cometer erros que os outros estão cometendo. Segundo que nunca iria desprezar a crítica da oposição, pois se apontam um erro pra você, você deve considerar. Hoje se aponta um erro nessa Gestão e ela não ouve; não aceita opiniões construtivas, desconsidera totalmente. Se eu tiver oportunidade de ser eleito prefeito, terei uma posição totalmente diferente desse governo; eu ouvirei a todos e estarei preparado para vivenciar essa nova empreitada. Nos meus 3 pleitos como vereador ganhei muita experiência, pois aqui tratamos com respeito a opinião do outro vereador, numa relação de independência e não de toma lá da cá, de calar a Câmara. Acredito e espero estar preparado para viver essa nova realidade.

NEWSINFOCO: Sendo eleito quais serão as primeiras atitudes de seu governo?

Radiovaldo: Bem, essa pergunta é importante. A atitude que irei tomar, já como prefeito, será fruto de um diagnostico anterior; iremos identificar os principais problemas que Alagoinhas já sofre e a sociedade cobra. Então nós queremos ter um programa de governo e não aquele pedaço de papel que o gestor, o mandatário, apresenta antes da eleição e depois esquece quando eleito. O partido REDE quer que todo candidato tenha um programa aplicável e já adianto de antemão que não temos orçamento para resolver todos os problemas de Alagoinhas O candidato que disser que tem, vai estar mentindo para o povo. Nós devemos ter prioridades e hierarquizar problemas. O principal problema hoje, na minha concepção, é a saúde, as pesquisas, inclusive, mostram isso. Precisamos trazer práticas positivas de outras cidades para implantar em Alagoinhas, seja na saúde, educação, seja na infraestrutura. É uma mudança que pretendo, se for eleito, apresentar para sociedade de Alagoinhas; teremos um franco dialogo com a sociedade. Um gestor que não conversa, não dialoga, está fadado ao fracasso. Por isso pretendo ter um dialogo franco entre o governo e suas secretarias; hierarquizar nossas prioridades; ter critérios com os recursos aplicáveis, garantir que o orçamento municipal tenha uma aplicação muito criteriosa, ele precisa render e a população tem que sentir a melhora com a aplicação desses recursos; transparência na gestão, a sociedade tem direito de saber como esse dinheiro é aplicado. O SAAE precisa de investimento urgente! O SAAE e a Central de Abastecimento terão prioridade no meu Governo.

NEWSINFOCO: O senhor vê que o atual governo tem a maioria na Câmara de Vereadores, inclusive o senhor tentou instalar uma CPI para investigar o SAAE por 3 vezes e não conseguiu, porque a ampla base governista não permitiu. O prefeito Paulo Cezar, embora tenha uma grande maioria aqui na Câmara, acaba por ser refém de grupos políticos para ter governabilidade. Como o senhor pretende conseguir ter governabilidade sem recorrer ao toma lá da cá? Como será sua relação com esses grupos políticos?

Radiovaldo: Essa pergunta é importante. Como já falei, pretendo obter uma relação de respeito com a Câmara de Vereadores e os grupos que tem nela. Respeito à liberdade politica e a formação de grupos políticos. Não é ruim ter oposição, desde que seja uma oposição séria, sem ataques levianos, que promova um trabalho sério. Eu terei um dialogo intenso com a população; eu não posso ficar refém dos grupos políticos, pois isso pode engessar o governo. Procurarei manter o planejamento da gestão. Acho que o toma lá da cá, a barganha politica, precisam ser estancadas. O nosso governo vai ser composto das candidaturas que trabalharam conosco o tempo todo. A relação precisa ser séria e aberta com qualquer segmento politico. Não vamos favorecer esse ou aquele grupo. Temos que ter um governo diferente do governo que ai está, que tem um bloco fechado. Teremos um governo em prol da população.

NEWSINFOCO: Com relação às pesquisas, o senhor tem uma porcentagem expressiva do eleitorado e desponta como um dos favoritos para eleição municipal deste ano. Essas pesquisas lhe dão uma confiança a mais?

Radiovaldo: Essa pergunta é muito interessante, porque tivemos várias pesquisas em Alagoinhas, foi um ano que tivemos mais debates, mais apresentações de pesquisas de opinião publica em relação às candidaturas. A pesquisa é apenas um momento, ela ajuda a sociedade a enxergar os cenários apresentados na politica de Alagoinhas, de intensificar mais a discussão aqui, ali. A meta do candidato é a disputa do processo eleitoral e o objetivo é vencer essa disputa, para isso precisa da tática do seu grupo politico. É um trabalho de conquista, de convencimento. Eu só tenho a agradecer ao povo que vê o nosso trabalho, que reconhece nosso compromisso.

NEWSINFOCO: Agora nós deixamos um espaço para que o senhor deixe uma mensagem

Radiovaldo: Eu quero agradecer pela minha participação no site NewsInfoco, esta  que é minha segunda entrevista. Peço que as pessoas se interessem pela politica, independente de quem irá votar. É importante a participação popular. Quero que o povo analise as propostas de cada candidato e faça sua melhor escolha.

 

Compartilhe
In this article

Join the Conversation

8 comments

  1. Alas Responder

    Muito boa a entrevista.

  2. JOSÉ SANTOS DE SANTANA Responder

    Eu sugiro que depois que os candidatos forem realmente confirmados o site deveria fazer um debate presencial com todos os candidatos num local tipo camara de vereador ou outro local

  3. Givanildo Bispo do Nascimento Responder

    Excelente atitute promovida por este meio de comunicação.
    É sempre bom ouvir o que os pretendentes a cargos públicos pensam e analisam as questões públicas.
    Quanto à entrevista, achei pouco objetiva por parte do candidato. Muita retórica, sem aprofunda em questões colocadas por ele quanto ao SAAE e Central de Abastecimento.
    Sugiro que o site faça para os próximos entrevistados perguntas quantitativas quanto à: 1) saúde ( se pretende ampliar os postos, melhorar a gestão…), 2) infraestrutura e 3) educação.

  4. Givanildo Bispo do Nascimento Responder

    Completando a minha opinião: Sobre Educação (proposta de alfabetização na idade certa, sabendo ler, escrever e realizar as 4 operações); Infraestrutura ( ampliar o saneamento, pavimentação e recuperação de ruas); Serviços Públicos (estimular a coleta seletiva, melhorar a ampliar a iluminação pública e gestão so espaço público); Locomoção (no edital para o transporte público; ciclovias).

  5. Antonio de Pádua Allencar Responder

    O pré-candidato deveria ter proposto algo para os jovens, principais vitimas da violência e da miséria. Uma ampliação do PRONATEC, o fortalecimento do PRÓ-JOVEM. Oferecer também a população carente, um meio de ingressar na economia, não apenas ficar a mercê do BOLSA-FAMÍLIA. Alagoinhas pode ajudar e muito sua população, mas precisa de propostas firmes, com fundamentos concretos.

  6. Entrevista com a pré-candidata a prefeitura de Alagoinhas Sonia Fontes (PSB) – News In Foco Responder

    […] e o que pensam para Alagoinhas. Nesta primeira série de entrevistas ouvimos os pré-candidatos:  Radiovaldo Costa (REDE), Raimundo Barreto (PSOL), Gustavo Carmo (PMDB) e agora com muito prazer apresentaremos a […]

  7. Sued Paulo Responder

    Senhor Radiovaldo sai do PT não por ideologia , mas por não ter espaço para se tornar cabeça nas eleições municipais . Depois dessa afirmação , faço uma pergunta : O seu mandato também seguirá um padrão organizado , e estará permeado por corrupção ?

    “Há algo de podre no Reino da Dinamarca “

  8. Raimundo Barreto, por enquanto, é o melhor pré-candidato à Prefeitura de Alagoinhas – News In Foco Responder

    […] está entrevistando os possíveis candidatos à prefeitura de Alagoinhas, sendo primeiramente Radiovaldo Costa, Raimundo Barreto, Sônia Fontes e Gustavo […]

+
+