Agência Espacial Brasileira inaugura primeiro centro vocacional tecnológico

22 0
22 0

O município de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, abrigará o primeiro Centro Vocacional Tecnológico Espacial do Brasil, o CVT-Espacial. No próximo dia 13 de novembro, a Agência Espacial Brasileira (AEB) inaugura o centro com o objetivo de incentivar estudantes a atuarem nas áreas espacial e de ciência e tecnologia, além de conscientizá-los da importância do Programa Espacial Brasileiro e dos seus benefícios para o País.

Iniciativa da AEB, inserida no Programa de Apoio à Implantação e Modernização de Centros Vocacionais Tecnológicos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o CVT-Espacial foi desenvolvido em parceria com o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), com apoio do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA).

Segundo a AEB, uma equipe própria capacitou professores do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) para trabalharem no CVT com as primeiras turmas de alunos da Secretaria de Educação de Parnamirim. 

No primeiro momento, o CVT vai atender alunos do 9º ano do ensino fundamental das escolas públicas locais. “ Com a consolidação do Centro e de suas parcerias as atividades serão estendidas a outros níveis de ensino”, afirmou o diretor de Satélite, Aplicações de Desenvolvimento da AEB, Carlos Alberto Gurgel.

Dividido em dez ambientes, o CVT-Espacial conta com laboratórios para atividades de propulsão, satélite, integração e teste, auditório, espaço Marte e Lua, sala de capacitação, refeitório e vestiários, além de espaços abertos para lançamentos de foguetes e outras atividades.

O centro oferecerá recursos para realização de experimentos, ensaios, trocas de experiências e atividades de treinamento presencial e a distância. A ideia é que com o funcionamento do CVT Espacial, os estudantes da região possam desenvolver diversas atividades educacionais, como competições de espaçomodelismo, foguetemodelismo e, principalmente, cursos de capacitação e oficinas temáticas espaciais, utilizando os modelos do Programa AEB Escola de forma continuada.

Fonte:idgnow
Compartilhe
In this article

Join the Conversation

+
+