Suplementos para emagrecer: entenda tudo sobre

46 0
46 0

Essas e outras questões empurram os pacientes com alguma frequência para terapias tidas como menos agressivas ou mais naturais. Dentre elas escolhemos por comentar: os suplementos alimentares que se destinam a perda de peso.

Alguns exemplos conhecidos do grande público são:

  • Carnitina
  • CLA
  • Garcinia cambogia
  • Citrus aurantium (casca da laranja amarga).

Optei por discutir com vocês estes 4 suplementos porque seria impossível tratar de todos, uma vez que existem inúmeros produtos com esta finalidade nas prateleiras das lojas especializadas.

Duas perguntas devem ser respondidas para avaliar se tais substâncias podem ser utilizadas na prática:

Estes suplementos alimentares são seguros?

Esta pergunta foi colocada em 1º lugar não à toa! Dentro da lógica que rege a medicina, a segurança é a prioridade. Sempre. Começarei citando uma frase que ficou célebre na endocrinologia após uma publicação no “Journal of Hepatology” em 2007 pelo autor Alain M. Schoepfer na qual são descritos 10 casos de lesão hepática grave após uso de substâncias tidas como naturais. No título deste artigo o autor usa uma máxima que pode nos ajudar a entender o ponto que desejo transmitir aqui: ?natural não significa inócuo?. Ou seja, não é porque um medicamento é um fitoterápico que ele pode ser considerado inócuo ou livre de efeitos colaterais.

Deve-se sempre comprovar a segurança de qualquer droga. Isso parece se encaixar perfeitamente bem para 3 dos 4 suplementos citados: a Garcinia Cambogia, o CLA (ácido linoleico conjugado) e o Citrus Aurantium. Todos eles apresentam mecanismos de ação interessantes quando se pensa em perda de peso, no entanto, não sobrevivem a uma análise da literatura médica mais aprofundada no quesito segurança. Há relatos de caso de efeitos colaterais psiquiátricos graves, bem como lesão hepática grave. Outros efeitos colaterais possíveis são:

  • Piora do perfil lipídico (colesterol), no caso do CLA
  • Risco de surgimento de câncer (efeito este descrito apenas em animais por enquanto), também no caso de CLA
  • Problemas cardíacos graves, especialmente para o Citrus Aurantium.

Sendo assim, não devem ser usados para fins de perda de peso. Muito menos sem a supervisão médica.

Por Roberto Luís Zagury
Fonte:Minhavida
Compartilhe
In this article

Join the Conversation

+
+