Mostras de decoração focam no conceito de sustentabilidade

0

O segundo semestre do ano começou com novidades para a área de arquitetura e decoração. Duas mostras importantes terão a sustentabilidade e responsabilidade social como pilares dos eventos. A primeira edição da mostra de decoração Casas Conceito, idealizada pela empresária Andréa Velame, acontecerá de 7 de agosto a 16 de setembro, e a volta da mostra Morar Mais por Menos, que será realizada entre 19 de setembro e 4 de novembro.

A proposta da Casas Conceito é oferecer uma maior liberdade para os profissionais que estão participando do evento. Pensando na sustentabilidade, ela está sendo preparada em uma área verde de 12 mil metros quadrados da Odebrecht Realizações Imobiliárias (OR), localizada no Horto Florestal que logo será usada para construção de um empreendimento residencial.

De acordo com Andréa Velame, a mostra será dividida em três espaços: o primeiro em uma grande área de ruínas, o segundo, no casarão que foi mantido no terreno e o terceiro será uma vila com cinco ambientes, sendo um deles uma casa da árvore com dois pavimentos. “Antes da OR comprar a área, eram duas casas. Uma foi mantida e a outra virou ruínas, então aproveitamos esse formato para montar a mostra”, explica.

Durante o período da mostra, estão programados shows e vários eventos menores para atrair o público, principalmente os moradores do entorno, do Horto Florestal. Serão 35 ambientes montados por arquitetos e a recomendação é não usar salto alto para visitar a mostra, tanto pela extensão do espaço, quanto pelo calçamento.

Após o fim da mostra, será realizada uma ação para doação das portas, janelas, pisos e outros materiais, para instituições carentes. Segundo a organização, um leilão de materiais, em prol dessas instituições, também está nos planos da empresária.

Casas Conceito

O quê? Mostra de decoração organizada por Andréa Velame com 35 ambientes,  em uma área de 12 mil metros quadrados. O evento terá um birô de negócios para  comercializar os objetos e móveis expostos, desde o primeiro dia.

Quando? De 7 de agosto a 16 de setembro.

Onde? Área verde na Rua Estácio Gonzaga, 640, no Horto Florestal.

Quanto? R$ 40.

Morar Mais por Menos

O quê? Mostra que retorna à Salvador muito voltada para a sustentabilidade e responsabilidade social. Serão 50 espaços que poderão ser adquiridos até o dia 31 de agosto, pelos profissionais que desejarem montar o seu ambiente. 

Quando? De 19 de setembro a 4 de novembro.

Onde? Hora da Criança, no Rio Vermelho.

Quanto? Não definido.

 

Morar Mais

Sete anos após a última edição em Salvador, a mostra Morar Mais por Menos teve lançamento no último dia 4 e, a partir deste dia, os 50 espaços podem ser adquiridos pelos profissionais da área. O evento será realizado no Centro Educacional Hora da Criança, no Rio Vermelho.

Segundo o coordenador executivo, Orlando Floriano, tudo está sendo trabalhado em cima da sustentabilidade e brasilidade, com um olhar mais atento na responsabilidade social, principalmente por estarem dentro de uma organização que abriu as portas para a mostra.

“Queremos realizar um bom trabalho, não só no aspecto estético, mas para que a gente possa proporcionar ao local uma grande quantidade de benfeitorias. A ideia é que os profissionais, através do seu trabalho, consigam trazer essas melhorias estruturais e esse legado fique para a Hora da Criança”, diz.

Algumas das melhorias citadas pelo coordenador, por exemplo, são sanitários que hoje não funcionam e serão reformados para se tornarem sanitários funcionais e a pintura do prédio.

A idealizadora do evento, Lígia Schuback, conta que há quinze anos começou o projeto com sua sócia, por causa de uma necessidade própria. “Ela ia casar, queria decorar o apartamento e com o orçamento apertado, quebramos o primeiro paradigma chamando um arquiteto e fizemos uma casa linda, dentro das possibilidades dela”, conta.

Dessa forma, nasceu o Morar Mais por Menos, que mistura o caro com o acessível e, nas palavras de Lígia, o sonho com a realidade. Uma das coisas interessantes da mostra, é tudo ter o preço exposto para que todos tenham noção de quanto custa cada produto. “Também vimos a importância de valorizar a brasilidade, então aqui não tem lounge, living, nem closet, é sala de jantar, sala de estar e pronto”, comenta.

“A semente que plantamos há anos está florescendo cada vez mais e agora estamos nesse lugar maravilhoso, não só Salvador, mas a Hora da Criança, que é totalmente voltado para arte e um projeto social lindo”, diz. O evento já passou por vários estados do país e também cidades como Miami e Milão.

 

Fonte:Atarde

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui