Deputado Joseildo e o Sindiferro apresentam demandas da categoria ao secretário Jaques Wagner

36 0
36 0

Com o objetivo de buscar apoio para combater os problemas enfrentados pela categoria metroferroviária da Bahia, o deputado estadual Joseildo Ramos (PT), juntamente com o coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Ferroviário e Metroviário da Bahia e Sergipe (Sindiferro), Paulino Moura, e sua comitiva, estiveram reunidos com o secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner, nesta última segunda-feira  (16). A falta de investimento pela Ferrovia Centro Atlântica (FCA) para manutenção da malha ferroviária foi um dos temas centrais do encontro. O secretário se comprometeu em apoiar todas as demandas apresentadas.

Durante a reunião, Paulino Moura (Sindiferro) expôs os problemas como a falta de investimento por parte da empresa Valor da Logística Integrada (VLI), que presta serviço para FCA, destacando a falta de interesse da instituição em explorar as ferrovias da Bahia. “Com a falta de manutenção necessária corremos sérios riscos de descarrilhamento e tombamento em áreas urbanas, o que pode gerar uma tragédia. Além disso, em um período de dois anos, cerca de 110 funcionários foram demitidos. Precisamos lutar para que esse serviço não seja extinto”, defendeu.

Segundo o deputado Joseildo, para a Bahia, é desinteressante desativar os trechos sob o comando da VLI. “Este feito refletiria na elevação do custo Bahia para o transporte de cargas, diminuindo a competitividade do Estado com relação aos transportes terrestres, um serviço considerado estratégico”, afirmou.

Ainda, os sindicalistas solicitaram apoio do secretário para a necessidade de reajuste salarial ou implantação de um plano de cargos e salários para os funcionários da Companhia de Trens da Bahia (CTB). Segundo Paulino, os trabalhadores não têm aumento há algum tempo e estão com salários defasados. A terceira e última demanda dos sindicalistas foi a solicitação para que a Valec, estatal responsável pela obra da Ferrovia de ligação Oeste/Leste (Fiol), permaneça com o seu escritório em Ilhéus, uma vez que a transferência para Jequié, que está sendo cogitada pela empresa, poderá acarretar em demissões e prejuízos com deslocamentos e de logística. 

Para Paulino, a reunião foi proveitosa e as expectativas são positivas. “Eu percebi interesse pelo secretário em resolver nossas questões e estou bem esperançoso. Quero agradecer também ao deputado Joseildo que é o nosso grande porta-voz, o nosso comandante na política, uma pessoa extremamente importante e comprometido com a categoria”, disse.

fonte: Ascom dep. Joseildo
Compartilhe
In this article

Join the Conversation

+
+