Temer e Maia: a distância entre eles é só o começo da guerra

0

O clima entre Michel Temer e Rodrigo Maia bateu o pico de estresse.

Eles não se sentam frente a frente há 20 dias, desde 16 de fevereiro, quando o presidente da Câmara descobriu que Temer decretaria uma intervenção no Rio sem oferecer-lhe a possibilidade de participar do debate.

Na ocasião, também estava presentes Moreira FrancoEunício OliveiraRaul Jungmann Luiz Fernando Pezão. A sós os presidentes da República e da Câmara não conversam há mais de um mês.

E o cenário adiante anuncia-se ainda mais conflagrado.

Maia não se surpreenderá caso Temer decida puni-lo na próxima reforma ministerial, substituindo os ministros que são seus aliados do por nomes indicados pelo MDB do Senado.

Isso significa que as cadeiras hoje ocupadas por figuras como Mendonça Filho(Educação) e Fernando Bezerra Coelho (Minas e Energia), que deixarão a Esplanada para disputar a eleição, podem parar nas mãos de outro grupo de poder, bem distante dos amigos de Maia.

 

Fonte:Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *