PESQUISA MOSTRA QUE 93% DA POPULAÇÃO DESAPROVA A FIGURA DO PRESIDENTE MICHEL TEMER

0

Segundo dados da pesquisa Estadão-Ipsos o presidente Michel Temer não agrada a 93% da população. A pesquisa não trabalha com governo ou plano de governo. Ela mostra apenas a popularidade ou não de figuras políticas de destaque. O segundo político que menos agrada é Fernando Collor que tem 81%, depois Fernando Henrique Cardoso (78%), Geraldo Alckmin (70%) e empatados Ciro Gomes e João Dória (ambos com 65%).

O deputado Jair Bolsonaro é desaprovado por 64% dos brasileiros. Ele é o sexto mais desaprovado no Barômetro Político Estadão-Ipsos que avaliou 19 nomes de destaque no cenário nacional. É também o quinto mais aprovado com 20% de avaliação positiva. “O mau humor generalizado dos brasileiros em relação ao sistema e aos políticos continua forte. Ao término da Copa do Mundo as eleições deverão ganhar mais força na agenda nacional e poderemos ter um pouco mais de clareza sobre os rumos de cada potencial candidato”, avaliar Danilo Cersosimo, diretor da Ipsos Public Affairs.

Nenhum dos nomes é aprovado pela maioria dos entrevistados. Preso e sem saber se poderá se candidatar, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva manteve a maior aprovação com 45%. No entanto, sua desaprovação oscilou de 52% para 54% – dentro da margem de erro de 3 pontos percentuais.

O segundo mais aprovado é Sérgio Moro, mas a avaliação positiva do juiz oscilou de 40% para 37% – no limite da margem de erro – e a negativa subiu de 50% para 55%. O terceiro mais aprovado é o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa, com 30% de aprovação e 47% de desaprovação. Ele desistiu do pleito presidencial. Já a candidata Marina Silva é a quarta mais aprovada com 29% e tem uma taxa de avaliação negativa de 63%. O Barômetro Político integra o estudo Pulso Brasil realizado mensalmente pela Ipsos. A pesquisa entrevistou presencialmente 1.200 pessoas em 72 cidades do Brasil entre 1º e 13 de junho. A margem de erro é de três pontos percentuais.

 

Fonte:Bahiaeconomica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *