I Conferência Estadual da Jovem Advocacia baiana

0

O advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, e o presidente da OAB-RJ, Felipe Santa Cruz, são os palestrantes confirmados na abertura da I Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana, dia 29 de agosto, no Fiesta Hotel, em Salvador, às 19h.

O evento é uma realização da OAB-BA, através do Conselho Consultivo da Jovem Advocacia (CCJA), conhecido como OAB Jovem, e apoio da Escola Superior de Advocacia (ESA). Kakay se encarregará do tema “A advocacia criminal em tempos de Lava Jato”, enquanto Felipe Santa Cruz aborda “Uma avaliação sobre o Poder Judiciário e os desafios da advocacia em busca de seu aprimoramento”. Com o tema central “Advocacia do futuro: Democracia, Cidadania e Empreendedorismo”, mais de 3 mil jovens advogados e advogadas do estado são esperados no evento, que se estende até o dia 31 de agosto.

 “A gente vai fazer um evento voltado a temas tradicionais à advocacia, como a reforma trabalhista, direito penal, constitucional e processo civil, mas priorizando também assuntos temáticos relacionados à jovem advocacia que não fazem parte do dia a dia das faculdades”, destaca o presidente da OAB Jovem, Hermes Hilarião.  Mais de 15 painéis e workshops compõem a programação científica do evento.

Desde 2013, com a criação da OAB Jovem na Bahia, os jovens advogados e advogadas passaram a ter maior representatividade no sistema OAB. “Hoje a jovem advocacia tem a oportunidade de debater seus projetos e implementar as ações que reputam necessárias através da OAB Jovem Estadual e das comissões da jovem advocacia em todo o Estado”, afirma Hermes. Em relação aos 45.653 advogados e advogadas inscritos na OAB-BA, a jovem advocacia representa 41% deste universo.

Além de painéis temáticos, a I Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana traz workshops  que contemplam desde o empreendedorismo na advocacia, passando por sociedades de advogados, tendências de inteligência artificial na advocacia,compliance, atuação do advogado como correspondente jurídico, entre outros temas relacionados às novas tendências da área jurídica no mercado de trabalho.

Uma programação paralela e aberta ao público reunirá empresas de diferentes segmentos que desenvolvem produtos e soluções para advogados e escritórios de advocacia durante a 2ª Feira de Negócios Jurídicos da Bahia. São esperadas empresas de segmentos de gestão de processos jurídicos, gestão financeira e tributária, escritório virtual, equipamentos eletrônicos, softwares, gráficas, editoras e cursos jurídicos.

 

Fonte:Trbn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *