fbpx
Home André Luiz Virada do Atlético de Alagoinhas sobre o Bahia é missão impossível? –...

Virada do Atlético de Alagoinhas sobre o Bahia é missão impossível? – Por André Luiz

0

Após a goleada de ontem de 3 a 0 diante do Bahia, a torcida do Atlético de Alagoinhas passou a se questionar: Será que vai dar para reverter esse placar?

Alguém já disse que no futebol tudo pode acontecer, ou que em campo são 11 contra a 11, mas nesse momento não podemos deixar de mencionar que, apesar dos equívocos cometidos na temporada, o elenco do Bahia é o mais qualificado do estado e, com todo respeito as equipes do interior, é o grande favorito para conquistar o titulo do futebol baiano nessa temporada 2019.

Sabemos do favoritismo e da qualidade do elenco do esquadrão, mas e o nosso Carcará? O que podemos esperar do representante de Alagoinhas?

Ora, com todo respeito ao torcedor mais otimista, mais entusiasta, precisamos antes de tudo lembrar que assim como todas as equipes do interior do nosso estado, apesar dos esforços da diretoria, jogadores, comissão técnica, funcionários e demais apoiadores, o elenco do Carcará nesse ano de 2019, se levarmos em consideração as dificuldades financeiras, elenco limitado, não só em quantidade mas também na sua qualidade, fruto da falta de recursos que impõe limitação para reforçar a equipe durante a competição, o time do Atlético é inferior ao do Bahia.

Acredito amigo torcedor que dentro das expectativas criadas em relação a competição podemos observar que o time atleticano conquistou alguns objetivos até o momento: garantiu-se na primeira divisão do Campeonato Baiano, vaga na serie D do Campeonato brasileiro e ainda há uma grande possibilidade de conquistar uma vaga na Copa do Brasil.

Muitos podem achar pouco, mas não é, pois volto a frisar os poucos recursos dos times do interior que sempre coloca um “abismo” em relação aos clubes da capital e acaba aproximando, nivelando por baixo, os clubes do interior, onde muitas vezes a diferença entre os classificados e os que ficam de fora de uma semifinal acaba sendo questão de detalhes.

*André Luiz escreve para a página de esportes do site News Infoco, assina a Coluna De Olho no Esporte no mesmo site, além de ser comentarista esportivo do Programa Primeira Mão, da rádio 95,7 FM de Alagoinhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *