Jaques Wagner perde prazo para se manifestar em ação de improbidade administrativa

0

O senador Jaques Wagner (PT) perdeu prazo para se manifestar na ação de improbidade administrativa movida contra ele na 3ª Vara Cível da Justiça Federal de Brasília. O caso é relativo à nomeação do marido da ex-ministra Ideli Salvatti (PT), o tenente do Exército Jeferson Figueiredo, para um cargo do governo brasileiro na Junta Interamericana de Defesa, em Washington.

O ato, considerado irregular, ocorreu em agosto de 2015, quando Wagner era ministro da Defesa. Segundo a coluna Satélite, do jornal Correio*, a defesa do senador deveria apresentar alegações prévias até o último dia 12. Como não fez, a Justiça considerou o prazo decorrido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *