Salvador trocará cartela de papel por sistema digital na zona azul; em Alagoinhas sistema digital já vigora

0

A partir desta terça-feira (4), a Zona Azul de Salvador dará início a mais uma evolução: a extinção das cartelas de papel para dar lugar à cobrança em formato eletrônico, com aceitação de pagamento através de dinheiro ou cartões de débito e crédito pelos guardadores de veículos, que se tornarão operadores de vagas. A iniciativa municipal teve os detalhes apresentados pelo prefeito ACM Neto e pelo superintendente de Trânsito de Salvador (Transalvador), Fabrizzio Muller, nesta segunda-feira (3), no Palácio Thomé de Souza. A medida é parte integrante do programa Salvador 360, eixo Cidade Inteligente.

Desenvolvido em parceria com o Sindicato dos Guardadores de Veículos do Estado da Bahia (Sindguarda), o sistema, que surge após a implantação da Zona Azul Digital, funcionando já com 11 aplicativos cadastrados, atende a uma demanda da própria categoria profissional e também da população. As duas primeiras áreas a extinguirem a cartela física serão a Barra e o Rio Vermelho. A previsão é de que, até outubro deste ano, a medida seja aplicada em todas as áreas da cidade. Nos primeiros 20 dias, a cobrança será feita apenas em dinheiro, enquanto é finalizado o ajuste das máquinas ao sistema bancário.

Implantada no centro de Alagoinhas desde fevereiro, o sistema digital vigora na zona azul da cidade desde o inicio de sua implantação, justamente pela comodidade que o usuário possui para o pagamento da vaga. No município o sistema é regido pelo aplicativo digipare, disponível em todos os sistemas android e IOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *