Após articulação de Bolsonaro, policiais deverão se aposentar mais cedo

0
Bolsonaro

Após articulação do presidente Jair Bolsonaro, a nova versão da reforma da Previdência, que deve ser apresentada ainda nesta quarta-feira (3), deve prever regras mais suaves para policiais federais -idade mínima de 53 anos, se homem, e 52 anos, se mulher.

A proposta original, enviada pelo governo em fevereiro, criava uma idade mínima de 55 anos para homens e mulheres policiais federais, policiais rodoviários federais, policiais legislativos. Atualmente, não há idade mínima para policiais federais se aposentarem, e sim apenas uma exigência de 30 anos de contribuição, se homem, e 25 anos, se mulher.

O relator da reforma, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), teve que ceder à pressão de policiais federais, principalmente, depois que o próprio presidente Bolsonaro passou a atuar para beneficiar a categoria. Além disso, o relatório deve aliviar na transição para policiais.

Como informou a Folha de S.Paulo mais cedo nesta quarta, diante da pressão de parlamentares e interlocutores de instituições financeiras, a nova proposta deverá poupar fintechs, bancos de pequeno porte e corretoras, por exemplo, do aumento de tributação -a CSLL (contribuição social sobre o lucro líquido). Assim, o texto deixaria claro que a elevação da alíquota, de 15% para 20% da CSLL, valeria para bancos grandes e médios.

Folhapress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *