Alagoinhas no Congresso Latino-Americano da Pastoral do Turismo: representando o município, vice-prefeita Iraci Gama participa de evento em Salvador

0

Entendendo o turismo religioso como um movimento motivado pela fé, mas também de caráter cultural, com reflexos econômicos, a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET) foi buscar, nas experiências compartilhadas durante o II Congresso Latino-Americano da Pastoral do Turismo, referências, noções conceituais e análises que possam ser implementadas em ações locais, desenvolvidas no âmbito municipal.

O evento, que engloba também o 2° Congresso Brasileiro de Turismo Religioso, é realizado de 12 a 17 de agosto, na capital baiana, e a secretária municipal de cultura, esporte e turismo, vice-prefeita de Alagoinhas, Iraci Gama, participa das palestras, painéis, visitas e discussões com foco nas produções, formações e estratégias que possam ser incorporados também à realidade do interior baiano.

Segundo ela, Alagoinhas, que completou 166 anos de emancipação política em julho deste ano, tem uma relação muito forte com manifestações tradicionais da religiosidade, seja na sede ou nos distritos. O pequeno povoado em torno da lagoa, rota de passagem da estrada de boiadas e acesso para o norte do estado e para o sertão baiano, se desenvolveu com forte influência da igreja. A “Vila de Santo Antônio da Lagoinha” – hoje, Alagoinhas – carregou, no próprio nome, durante algum tempo, o padroeiro, na fé católica. E o cartão postal da cidade, marco zero, ponto de visitação, de história e de memória coletiva, remete intrinsecamente à tradição religiosa. A Igreja Inacabada de Alagoinhas Velha compõe uma parte importante da cultura que precisa ser preservada.

É com foco em contar essas histórias, em expandir e atrair olhares, com vista às possibilidades do Turismo Religioso, que a secretária e vice-prefeita tem participado de eventos da área. De acordo com Erivaldo da Silva, diretor de Turismo de Alagoinhas, que também participa do Congresso, o segmento do Turismo Religioso pode colaborar para o desenvolvimento socioeconômico de municípios, com reflexos que extrapolam a natureza do sagrado, da espiritualidade e da fé.

No Brasil, os números apontam para um número cada vez maior de peregrinos. Em 2014, por exemplo, estima-se que 17 milhões de brasileiros tenham se deslocado por motivos relacionados à fé. Ainda neste quesito, o Nordeste se destaca entre os destinos mais procurados, em termos de Turismo Religioso, no país. São pelo menos 250 manifestações religiosas concentradas nessa região, entre celebrações, procissões, romarias.

Realizado em Salvador, na Bahia, o Congresso Latino-Americano da Pastoral do Turismo, em sua 2ª edição, traz, entre os destaques da programação, este ano, painéis sobre formação de guias para Turismo Religioso, discussões sobre o acervo cultural religioso, conceitos antropológicos do segmento, palestras e visitas guiadas.

O evento conta com a participação de conferencistas do Chile, da Argentina, de El Salvador, México, Portugal, Panamá e de outros estados brasileiros, como São Paulo e Belo Horizonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *