Prefeito Joaquim Neto se reúne com a PRF para discutir cooperação técnica.

0

O prefeito Joaquim Neto e o superintendente Regional da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o inspetor Virgílio de Paula Tourinho, se reuniram, na tarde desta quarta-fera (21), para assinatura do protocolo de intenções para cooperação técnica, com o objetivo de combater a criminalidade, por meio da troca de informações estratégicas entre a PRF e o município.

O encontro foi realizado na sede da Superintendência Regional da PRF, em Salvador, e contou com as participações do Coordenador da Inteligência da PRF, Edson Miranda, da Comandante da Guarda Municipal, Renata Fortaleza, do Procurador da SMTT, Hilton Ribeiro e do diretor de Tecnologia do município, Jorge Félix.

Após a formalização do acordo, o município passará a fazer parte da Política de Combate a Mobilidade do Crime da PRF, que abrange a utilização do Sistemas de Inteligência e de apoio ao policiamento ostensivo e a expansão do policiamento especializado tanto pela PRF, como pelo município, integrando a Guarda Municipal , a SMTT, Polícia Militar, Civil e todos os dados dos demais órgãos parceiros afetos à Segurança Pública em Alagoinhas.

“É uma somatória de forças. Com os procedimentos de cooperação técnica e operacional, além da troca de conhecimentos, dados e tecnologias, daremos um passo grande contra a criminalidade, melhorando a nossa segurança pública”, disse o prefeito Joaquim Neto.

O Inspetor Virgílio de Paula Tourinho estacou a importância e fortalecimento da parceria com o município de Alagoinhas. “Com o intercâmbio de informações e uso da tecnologia, a PRF e a Prefeitura poderão operar com maior agilidade e eficácia os sistemas de segurança”. Salientou que o objetivo principal desta parceria é a busca constante de melhoria dos serviços prestados à sociedade.

“A adoção da Política de Combate a Mobilidade do Crime, utilizando a tecnologia desenvolvida pela PRF, aliado à ferramenta SINAL, que permite a inclusão imediata dos dados de veículos roubados ou furtados, propiciará  o crescimento do número de abordagens a veículos suspeitos e envolvidos em delitos, aumentando as prisões de envolvidos e recuperação de bens aos seus proprietários, refletindo em uma redução significativa e constante de ocorrências de roubo”, explicou  a policial do Escritório Regional de Gestão Estratégica, Jaqueline Neves, na apresentação dos sistemas à comitiva da prefeitura.

“A cooperação entre os órgãos vai permitir, ainda, a gestão de análise de dados de segurança pública por meio do Projeto Sistema Policial Indicativo de Abordagem (SPIA), que possibilita o mapeamento de condutas delitivas em infinitos cenários, facilitando a gestão eficiente dos recursos de policiamento, investigação e inteligência”, completou a policial.

O processo administrativo tramitará no jurídicos da PRF e de Alagoinhas e publicado no Diário Oficial da União (DOU). De acordo com a PRF, enquanto não for aprovado, serão realizados o piloto técnico e testes de integração, por meio da empresa que presta serviços de fiscalização eletrônica no município.

                                                                                                           Secom GAPRE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *