Assembleia Legislativa da Bahia quer homenagear estrelas do Lulo-petismo e celebridades sem ligações com o estado

0

A Assembleia Legislativa da Bahia pretende homenagear com a comenda Dois de Julho uma lista de políticos e artistas ligados ao mais extremado lulo-petismo, sem qualquer ligação com o estado. Os integrantes do programa Primeira Mão, jornalistico matinal transmitido em cadeia pela rádio Ouro Negro 100,5 FM e pela rádio web 2 de Julho, nesta quarta-feira, 02, leram com indignação a lista de notórios defensores do movimento Lula-Livre, pessoas claramente coniventes com os escândalos de corrupção, promovidos pelo ex-presidente. Entre os condecorados estão Fernando Haddad, Guilherme Boulos, até mesmo o ator José de Abreu, que há pouco tempo ganhou as manchetes dos jornais por cuspir em uma mulher em um restaurante após uma discussão envolvendo politica,está na lista. Ah, o pseudo jornalista Glenn Greewald, que tem sido acusado de se envolver com hackers criminosos também.

Para a bancada do Primeira Mão, trata-se de algo vexatório, vergonhoso, atrelar o nome do estado, que foi a primeira sede do governo brasileiro a pessoas de conduta questionável sem nenhuma contribuição para o povo baiano. O ato, para eles, desconsidera toda a importância da histórica da Bahia no cenário nacional, desconhecendo esse passado glorioso. Haroldo Azi, âncora do jornalistico, chegou a afirmar que a Bahia não é um mero território que passou a ser estado há algumas décadas apenas. Caio Pimenta qualificou a inciativa como uma conduta parlamentar de mero puxa-saquismo, ao ver que não houve nenhum critério para as escolhas, estranhando o fato de Haddad ter sido rejeitado em seu estado e na cidade que governou, justamente aqui obter tanto prestígio.

Quanto a Guilherme Boulos, também há uma contradição, ele defende os sem-tetos que o programa petista “Minha Casa, Minha Vida” não conseguiu atender. Portanto, ele apóia um partido que não foi capaz de resolver um problema pelo qual, aparentemente, tanto se preocupa. Por outro lado, a Câmara de Vereadores de Feira de Santana fez a mesma bobagem, homenageando Jair Bolsonaro e Damares Alves, decisão que um vereador “petista” luta para reverter. Entre os que serão, ainda, agraciados com a comenda estão inexplicavelmente Rubens Barichello e Glória Maria, repórter da Globo. Há também o presidente do grupo Atacadão, José Roberto Meister Müssnich, este o único merecedor do titulo, contribuiu com a economia baiana investindo no estado, gerando emprego e renda.

Veja o assunto sendo abordado pela bancada do programa Primeira Mão:

 

Por Paulo Dias para o News Infoco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *