Sobre bilhete de desembargadora presa ao governador, Otto diz ter certeza que Rui não cometeu infração

0
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Aliado de primeira hora do governador Rui Costa (PT), o senador Otto Alencar disse ter certeza que o governador Rui Costa (PT) não cometeu e nem cometerá ato que possa infringir a legislação.

A declaração foi em referência aos relatos de investigadores da Polícia Federal de ter encontrado um bilhete, “pedido manuscrito” dirigido ao governador pela ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargadora Maria do Socorro Santiago, presa nesta sexta-feira (29), em nova fase da operação Foroeste, batizada de de Joia da Coroa.

“Não conheço o processo e não posso opinar sem conhecer os autos. Fui conselheiro do TCM [Tribunal de Contas dos Municípios] e só opinávamos após leitura dos autos do processo e não farei agora pelo que li na imprensa, mas creio que não.

Todo governador recebe diversos pedidos e é natural, mas tenho certeza que Rui não cometeu e nem cometerá nenhum ato que infrinja a legislação, dentro da ética, do respeito ao seu cargo”, frisou o presidente estadual do PSD, durante a posse do deputado federal Nelson Pelegrino na Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

Sobre o escândalo que envolve o TJ na operação e levou o presidente da Corte, Gesivaldo Britto, e outros cinco magistrados a serem afastados por 90 dias, dentre eles Maria do Socorro, o senador embora empregando cautela e afirmando lamentar muito, admitiu que as consequências podem ser maiores. “Tem o Conselho Nacional de Justiça, as cortes superiores que podem se manifestar, mas lamenta muito por se tratar de uma instituição que eu repeito, cujas consequências podem ser maiores, mas seria leviano eu dar uma opinião incorreta”, ponderou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *