Após Planserv escancarar dívida do TJBA de quase R$ 40 mi, Corte baiana diz dever apenas R$ 12 mi

0

Após o Planserv escancarar dívida no valor de R$ 38 milhões do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) com o plano, que além de já comprometer o atendimento de pacientes, estaria acarretando em atrasos de repasses para os fornecedores, a Corte baiana afirmou dever apenas R$ 12 milhões aos cofres do plano de saúde do Governo estadual, que já ‘não anda bem das pernas’ e é alvo de crítica constante da oposição.

“A informação não procede. A dívida do Tribunal com o Planserv é da ordem de R$12 milhões de reais. Contudo, as tratativas já foram alinhadas com o Poder Executivo. O TJBA pretende quitar esse montante ainda no exercício deste ano”, pontuou o TJBA, através de nota, assegurando ainda no documento, estar adimplente com as obrigações assumidas.

Porém, conforme o Planserv os débitos se arrastam desde 2015, somando quatro anos de atraso. Em nota o plano detalha que essa contribuição é paga pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, pelo Ministério Público, pela Defensoria Pública e pelas autarquias e fundações instituídas sob o regime jurídico de direito público, atualmente no percentual de 2% (percentual era 4% anterior ao ano de 2019).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *