Isidório comenta ataque ao Porta dos Fundos: ‘Vai ter guerra santa no Brasil’

0

O deputado Sargento Isidório (Avante) previu a possibilidade de um “enfrentamento”, uma “guerra santa” no país, ao comentar o ataque à sede do Porta dos Fundos, ocorrido na madrugada da última terça-feira (24), no Rio de Janeiro.

O ataque foi reivindicado por um grupo autointitulado “Comando de Insurgência Popular Nacionalista da Família Integralista Brasileira”

Há duas semanas, ao criticar o especial de Natal do grupo, o parlamentar citou, em discurso na Câmara dos Deputados, o atentado ao jornal satírico francês Charlie Hebdo e disse que “toda ação causa uma reação”.

“Se as autoridades não se pronunciarem, o que vamos ter é um enfrentamento. Vai ter guerra santa no Brasil sem necessidade”, declarou Isidório nesta quinta, ao cobrar a ação de líderes políticos e religiosos contra o Porta dos Fundos.

“Alguém tem que ter coragem de botar o pulso para a algema, de perder o mandato. Você não vê uma autoridade ter coragem de falar em defesa da fé. Do jeito que tudo está sendo permitido nessa nação, falar a verdade vai nos custar a liberdade. Falar a verdade vai custar cassação de mandato”, acrescentou.

Pré-candidato a prefeito de Salvador, o deputado ainda agradeceu as palavras do governador Rui Costa (PT), que sinalizou uma grande possibilidade de tê-lo como uma de suas apostas na disputa pelo Palácio Thomé de Souza.

“Me anima. Campanha é como uma missão. Nunca pensei, mesmo sendo filho de Salvador, em pleitear ser prefeito, principalmente quando fui chamado lá atrás. A mão de Deus e o coração do povo nos botam em uma posição nas pesquisas, mas não temos vaidade”, afirmou.

Em 2016, quando concorreu ao comando do Executivo municipal, Isidório teve 8,6% dos votos válidos – foram 114.291 votos. No ano passado, foi o deputado federal mais votado da Bahia, com 323.264 votos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *