Adrião Barbosa fala da atuação do sindicato dos Comerciários e confirma pré-candidatura à prefeitura de Alagoinhas

0

Adrião Barbosa, presidente do Sindicato dos Comerciários de Alagoinhas e região, mostrou no programa Primeira Mão, nesta terça-feira, 04, seu novo modelo de gestão.  Adrião tem vinculo com a entidade sindical há décadas. Adrião não foge daquela velha escrita dos líderes sindicais que se perpetuam no comando. Porém, seu saldo é positivo, comparado com outros que só se beneficiaram da permanência no comando de seus respectivos sindicatos por longos anos. Ele deixou uma bela sede esportiva e de lazer para os associados, reformou a sede do sindicato e agora está construindo uma nova. Adrião também tem o mérito de se adaptar às novas tecnologias. Por meio de um aplicativo, o associado, hoje, consegue acessar eletronicamente serviços do sindicato e, se vinculado ao Clube dos Comerciários, obtém desconto em postos de gasolina, restaurantes e outros estabelecimentos.

O período atual sob o governo Bolsonaro foi avaliado por Adrião como difícil para os sindicatos, em função da extinção da obrigatoriedade do imposto sindical e da nova Legislação Trabalhista, aprovada ainda no governo Temer. Adrião diz que existem sindicatos funcionando precariamente sem condições de atender as necessidades dos trabalhadores. Mas também é verdade que muitos não faziam nada, eram improdutivos, mesmo recebendo a contribuição sindical. Os rumores de corrupção no setor eram fortes e vários não apresentavam a transparência necessária. Havia também suspeita de que sindicatos ligados às Centrais Sindicais patrocinavam campanhas políticas. Os sindicatos, para sobreviverem, estão tendo que se reinventar. Os maus sindicatos faliram. Mas este não parece ser o caso do Sindicato dos Comércios de Alagoinhas, que apesar dos efeitos da reforma, tem buscado aumentar o número de serviços ofertados a seus associados.

No acordo coletivo de 2019/2020, as negociações foram favoráveis com relação ao trabalho nos domingos e feriados. Ficou estabelecido, em lei municipal que o comerciário receberá 100% de hora extra e reposição da folga no meio da semana. Algo comemorado por Adrião.

É pena que o comércio de Alagoinhas seja fonte de tantas críticas por parte da população, seja pela aparência das lojas, muitas com pinturas desgastadas, que fazem do setor um espaço urbano com baixo atrativo estético, seja também pela qualidade do atendimento, fruto da falta de incentivo e capacitação por parte dos patrões. O ambiente de trabalho também muitas vezes é ruim, lojas quentes com instalações sanitárias precárias, funcionários que precisam subir escadas várias vezes ao dia. Algo presente inclusive em grandes lojas de departamento. Algo vergonhoso. Se o comércio funciona bem, a vida dos comerciários, seus salários, começam a melhorar.

Por último, Adrião Barbosa confirmou sua pré-candidatura a prefeitura de Alagoinhas pelo partido REDE, que na última eleição lançou o nome de Radiovaldo Costa na disputa, hoje filiado ao PT.

Veja a entrevista concedida por Adrião Barbosa ao programa Primeira Mão:

Por Paulo Dias com a colaboração de Caio Pimenta para o News Infoco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *