Em discurso, Rui Costa diz esperar de nova procuradora defesa do interesse público

0
Rui Costa

Num discurso informal e bem-humorado, em que buscou capitalizar o grande apoio da maioria feminina do MP à nova procuradora geral de Justiça, Norma Cavalcanti, demonstrado nas palmas e gritos que marcaram sua posse, o governador Rui Costa (PT) justificou sua escolha por ela alegando que não poderia desconsiderar o fato de as mulheres serem maioria na instituição e de a conversa com ela para definir a escolha ter ocorrido às vésperas do Dia da Mulher.

Ele contou que na conversa que teve com ela antes de tomar a decisão, repetindo o que fez com os outros dois eleitos na lista tríplice, a procuradora chegou desacreditada por ter ficado em terceiro lugar, mas que ele a lembrou de que os últimos podem ser os primeiros. Com referências sociais fortes, Rui disse acreditar nas instituições e anunciou o que espera da nova procuradora geral: “O que espero de uma procuradora é que cumpra a função do MP. Que se coloque o interesse público em primeiro lugar”, afirmou, anunciando ainda a criação de um Conselho a ser formado pelo Legislativo e o Judiciário a fim de discutir e propor soluções para problemas no Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *