Dólar sobe mais de 2,5% e vai a R$ R$ 4,75 em razão do coronavírus e da queda do petróleo

0

O dólar é cotado a R$ 4,75 após abrir em alta de mais de 2,50% nesta segunda-feira (9). O valor é tido como o maior preço da história em termos nominais —sem considerar a correção pela inflação.

A moeda americana reage ao aumento da percepção de risco global com o crescimento do surto do coronavírus e com a guerra de preços do petróleo iniciada no domingo pela Arábia Saudita.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o Banco Central chegou a anunciar, antes da abertura do mercado, que ampliaria para US$ 3 bilhões a venda de reservas neste começo de pregão, para tentar conter a disparada. Na sexta (6), a previsão era que o BC vendesse no mercado US$ 1 bilhão.

O real é a divisa que mais cai ante o dólar neste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *