‘O MDB da Bahia não morreu. Estamos muito vivos’, diz Lúcio Vieira Lima

0
Brasília - O deputado federal, Lucio Vieira Lima, comenta o teor da carta que o vice-presidente da República, Michel Temer, enviou à presidenta Dilma Rousseff (Antonio Cruz/Agência Brasil)

O ex-deputado federal e cacique do MDB baiano, Lúcio Vieira Lima, afirmou ao bahia.ba nesta sexta-feira (27) que está terminando o período de transição para passar o comando do partido na Bahia para o atual presidente da sigla, Alex Futuca, e para o presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Jr. (SD).

“Depois que eu passar o comando do MDB para Futuca e Geraldinho, me aposento de vez. Eles representam a renovação da política e do partido. Claro que estamos esperando a vinda de Geraldo para o MDB. É uma vontade minha e da cúpula nacional do partido, do presidente Baleia Rossi”, disse.

Ele disse ainda que a vinda de Geraldo para o MDB vai fortalecer a base do partido em Salvador.

“Eles que vão chegando, vão fazendo o novo, a renovação, a força do partido. Em Salvador ficaremos mais fortes, na Bahia também, o MDB não morreu. Estamos muito vivos”, ressaltou.

Lúcio também projeta uma possível candidatura de Geraldo Jr. a deputado federal nas eleições de 2022.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *