Prefeito Joaquim Neto anunciará até às 17 horas se prorrogará o fechamento do comércio em Alagoinhas

0
prefeito Joaquim Neto

O prefeito Joaquim Neto(PSD) anunciará, até as 17 horas de hoje(20), se permitirá a abertura do comércio de Alagoinhas. O News Infoco apurou que desde ontem houve reuniões do comitê formado por diversas entidades de representação da cidade, denominado comitê de abertura. O grupo está dividido. De um lado forças empresariais, UARA, UAMA e Câmara Municipal de Alagoinhas são favoráveis à abertura do comércio, com restrições, do outro lado, Núcleo Regional de Saúde Nordeste e Ministério Público são favoráveis à manutenção do decreto de fechamento.

Os comerciantes defendem que a abertura do comércio com algumas exigências, como a obrigatoriedade do uso de máscara pela população, a obrigatoriedade de empresários fornecerem materiais de EPI contra o covid-19 a seus empregados e o controle sobre a quantidade de pessoas dentro de um estabelecimento, são suficientes para conciliar a retomada das atividades comerciais com as precauções de combate ao vírus.

Empresários ouvidos na manhã de hoje pelo News Infoco disseram que o fato do 6ª caso de coronavírus registrado em Alagoinhas ser um caso importado, já que o paciente foi infectado em Salvador, ajudou a diminuir a pressão dos contrários à abertura do comércio sobre o prefeito. Até ontem Alagoinhas havia ficado 14 dias sem registrar um caso de coronavírus no município.

Benedito Vieira, presidente do Sicomércio, afirmou que o comércio de Alagoinhas já dispensou 30% de seus funcionários, cerca de 700 demissões, e que, caso o fechamento do comércio seja prorrogado, esse número deve aumentar.

No geral, a expectativa dos membros do comitê ouvidos pelo News Infoco é que a abertura do comércio seja decretada pelo prefeito, que até o fechamento desta matéria está em reunião com seus auxiliares para definir os termos do decreto que será publicado.

Por Caio Pimenta para o News Infoco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *