DEM e PT falando de ‘nepostismo’ em Alagoinhas… São os sujos falando dos mal lavados – Por Caio Pimenta

0
Caio Pimenta

Faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço. Esse parece ser o lema de certos grupos políticos que se propõem a fazer oposição aos governos vigentes. Em Alagoinhas, quero me referir especialmente ao DEM e ao PT local.

No dia hoje(04), Alagoinhas foi tomada de surpresa pela nomeação da primeira-dama do município como nova secretária de comunicação da prefeitura. A ação não é ilegal, pois o STF tem tido o entendimento de que o crime de nepotismo(indicar parentes) não se aplica aos cargos de natureza politica, ou seja, aqueles de livre nomeação dos gestores. Embora não seja um ato ilegal, sua imoralidade pode e deve ser levantada. Realmente é uma pratica que pode se verificar nociva a coisa pública, principalmente quando o familiar ou parente nomeado não tem nenhuma intimidade com a pasta que ocupa.

Porém, mais imoral do que o ato exposto acima, é o aproveitamento politico da situação. Neste caso especifico aqui de Alagoinhas, poucos minutos após o anúncio, já se observava bravatas e mensagens evocando a moralidade pública, principalmente de oposicionistas ligados ao PT e DEM. E afirmo, eles não tem moral para tratar dessa questão.

No caso do PT, o hoje deputado federal Joseildo Ramos(PT), mantém no comando do Núcleo Regional de Saúde Nordeste o seu irmão, o dentista Rogério Ramos. Não quero aqui levantar falso juízo sobre a competência e capacidade de Rogério, que é dentista por formação, e está à frente do órgão. Pessoalmente tenho boas impressões sobre o mesmo, mas é bem verdade que seu trabalho tem sido questionado por parte da imprensa e por lideres políticos, um deles Juscélio Carmo.

Do lado do DEM, o pré-candidato a prefeitura pelo partido, Paulo Cezar, durante sua gestão manteve sua esposa, Tatiane Andrade, como secretária de assistência social. É sabido por todos do meio politico e da imprensa, que sua influencia não ficava restrita apenas a esta secretaria, mas também em atos do governo Paulo Cezar. Sobre a pasta que Tatiane comandou pairava várias suspeitas de irregularidades, principalmente com relação as entregas das casa do projeto Minha Casa Minha Vida. No fim do governo, imagens de queima de documentos da secretaria foram divulgados nas redes sociais. O caso nunca foi esclarecido.

Eu poderia me alongar mais neste artigo, mas acredito que estas breves passagens são suficientes para comprovar que estas críticas dirigidas pelo PT e pelo DEM são exemplos clássicos daquela velha máxima ‘os sujos falando dos mal lavados’. Na vida politica, assim como em nosso dia-adia, é preciso ter coerência e retidão, até nas críticas.

Em ano de eleição, o eleitor tem que ter memória de elefante. O esquecimento, mesmo que momentâneo, pode ser a porta de entrada para o arrependimento futuro.

Escrito por Caio Pimenta, bacharel em Direito, radialista, comentarista do Programa Primeira Mão da rádio Ouro Negro FM 100,5 FM e rádio 2 de Julho. Ele também é editor-chefe do site News Infoco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *