Alagoinhas: Idosa de 102 anos que teve morte confirmada pelo covid-19 pode ter contraído o vírus no Hospital

0
Hospital Regional Dantas Bião

A idosa de 102 anos, que foi confirmada como o primeiro óbito por covid-19 em Alagoinhas, pode ter contraído a doença no Hospital Dantas Bião. Como a paciente residia em uma instituição de longa permanência, todos os idosos do local passaram, nesta quinta-feira, por uma abordagem da Vigilância Epidemiológica e realizaram o teste rápido. De acordo com a SESAU, além dos idosos, em totalidade, foram testados também os funcionários da instituição. Nenhum deles apresentou resultado positivo no teste rápido, e a secretaria comunicou ainda que, com foco em excluir qualquer inconstância, todos terão amostras colhidas também para o PCR, que é o “padrão ouro para a identificação viral”.

Fontes, que pediram anonimato ao site News Infoco, afirmam que a idosa precisou dos serviços do Hospital Dantas Bião quando ainda não havia a confirmação de que ela estava com o virus, ou seja, poderia estar acometida de outra doença que não fosse o coronavírus. O site News Infoco não teve acesso ao prontuário médico da paciente, nem conseguiu entrar em contato com a direção do Hospital Regional Dantas Bião até o fechamento da matéria.

Relatos de funcionários da unidade de saúde, que também não quiseram se identificar com medo de represálias, afirmaram a este News Infoco que o sistema de isolamento das UTIs no Dantas Bião é questionável. Recentemente, durante entrevista no Programa Primeira Mão, da rádio Ouro Negro FM e Rádio 2 de Julho, o pré-candidato a prefeitura de Alagoinhas pelo PDT, Juscelio Carmo, condenou a utilização do Hospital Dantas Bião como local de internamento de pessoas infectados pelo Covid-19. Segundo Carmo, o local não tem estrutura para isolar os infectados dos outros pacientes que estão na UTI vítimas de outras doenças.

Por Caio Pimenta para o News Infoco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *