Vacinação contra Influenza: em Alagoinhas, professores contam com ponto volante de imunização e cronograma para evitar aglomerações; confira

0

As equipes de saúde permanecem mobilizadas, em Alagoinhas, para a imunização do público-alvo contra a gripe. O município, que avança em cobertura vacinal, adiantou a vacinação de professores da rede pública e privada na cidade e, desde segunda-feira (11), imuniza também crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade.

Para abarcar a alta demanda, assegurar a imunização dos novos grupos e facilitar o acesso à vacina, a Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) mantém o esquema Drive Thru de imunização rápida, na Estação de Transporte Alternativo, onde as equipes atuam das 8h às 12h. A vacina está disponível também em unidades de saúde da zona urbana e da zona rural, a partir das 8h, e um ponto volante foi estruturado, desde terça-feira (12), na Biblioteca Pública Maria Feijó, sede da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), no centro da cidade. O intuito é que professores da rede pública municipal e coordenadores pedagógicos das unidades de ensino se dirijam preferencialmente ao ponto volante, de acordo com um cronograma organizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SEDUC) para evitar aglomerações.

“(…) Temos em torno de 600 profissionais na SEDUC, entre professores e coordenadores pedagógicos. Nós organizamos a estrutura na SECET por entendermos que era um local mais amplo, seguindo as orientações da OMS e dos órgãos oficiais. Em parceria com a SESAU, organizamos uma logística para vacinar esses 600 professores de modo a evitar aglomerações, então eles foram distribuídos por dia da semana, conforme a letra inicial do nome. Socializamos nos grupos de gestores e professores esse cronograma. Não é apenas por se tratar de um momento de pandemia; os professores precisam resguardar a sua saúde para que possam continuar desenvolvendo o trabalho, tão importante dentro da sociedade. Queria agradecer a professora Iraci Gama, por ter aberto as portas e nos possibilitado que a vacinação acontecesse na SECET, e o apoio de Catarina, da Vigilância, e de toda a equipe”, afirmou Keite Lima, subsecretária da pasta da Educação.

Embora não seja eficaz contra a COVID-19, a Secretaria Municipal de Saúde destaca que a vacina facilita a triagem de pacientes e contribui para diminuir a circulação dos vírus respiratórios mais comuns, resguardando os grupos mais vulneráveis. As pessoas que perderam a 1ª e a 2ª etapa, mas se encaixam nos critérios da campanha, também têm direito à dose e ainda podem se imunizar. Prorrogada pelo Ministério da Saúde, a campanha segue até o dia 5 de junho.

Confira os pontos de vacinação:
📍Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET) /Biblioteca Pública Maria Feijó – Das 8h às 12h
📍Drive Thru– Estação de Transbordo – Das 8h às 12h

ZONA URBANA – Das 8h às 16h
📍USF Nova Esperança
📍USF Praça Kennedy
📍USF Nossa Senhora de Fatima
📍USF Flávio Cavalcante
📍USF Lírio dos Vales
📍USF Nova Brasília
📍USF Urbis 3
📍USF São José Operário
📍USF Santo Antônio
📍USF Zona rural (atrás do Santíssimo)

ZONA RURAL – Das 8h às 15h
📍USF Riacho da Guia
📍USF Sauípe/ Disai
📍USF Estevão
📍USF Portões
📍USF Boa união
📍USF Miguel Velho

De 11 a 15 de maio, vacinação também: 📍USF Santa Terezinha / 📍USF Pau Brasil / 📍USF Sagrada Família

De 18 a 22 de maio, vacinação também: 📍USF São Cristóvão / 📍USF 21 de Setembro

Para quais públicos a vacinação também está aberta, além de professores e crianças de 6 meses a menores de 6 anos?
– Gestantes;
– Puérperas;
– Adultos de 55 a 59 anos;
– Portadores de doenças crônicas não-transmissíveis e condições clínicas especiais (mediante apresentação de relatório médico);
– Funcionários do sistema prisional;
– População privada de liberdade;
– Jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
– Trabalhadores das forças de segurança e salvamento;
– Caminhoneiros;
– Idosos;
– Profissionais de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *