Após casos de covid-19 entre detentos da delegacia de Alagoinhas, policiais civis da unidade paralisam atividades

0

Os policiais civis da Delegacia de Alagoinhas, situada no Jardim Petrolar, decidiram, após realização de Assembleia, paralisar as atividades na unidade. A decisão foi tomada 1 dia após ser divulgada a informação de que 2 detentos, que estão custodiados na unidade, testaram positivo para o Covid-19, após apresentarem sintomas.

O Sindicato da categoria esteve presente no local coordenando a Assembleia e já notificou o Governo do Estado sobre a decisão da categoria.

Os policiais da unidade exigem da gestão da Polícia Civil a aplicação do protocolo sanitário de prevenção e combate ao Covid-19, a transferência dos 19 presos da unidade, a desinfecção da Unidade policial e viaturas e a testagem de todos policiais civis.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia(SINDPOC), Estácio Lopes, conversou com o News Infoco e deu detalhes sobre a situação da unidade. Segundo ele, os detentos não estavam isolados dos outros presos e são grandes as chances dos outros detentos terem se infectado, além de policiais que tiveram contato com eles. Eustácio também denunciou a falta de EPIs para os policiais, a falta de dispenser de álcool gel na unidade, além da falta de testagem de temperatura de quem adentra a unidade policial.

Devido a decisão, todos os serviços ofertados pela delegacia de Alagoinhas foram suspensas.

Por Caio Pimenta para o News Infoco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *