Justiça proíbe governo do Estado de desapropriar área de quilombo

0

A Justiça baiana proibiu temporariamente o Governo do Estado de desapropriar área habitada pela comunidade do Quilombo Quingoma, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.

A decisão atendeu a um pedido da Defensoria Pública do Estado (DPE) e vale durante o estado de emergência de Covid-19.

O governo estadual quer construir no local, por meio da Secretaria de Infraestrutura, uma alça de acesso à Via Metropolitana, além da pavimentação de uma via existente. As informações são do jornal Correio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *