Deslealdade do PT alagoinhense com seus quadros é vergonhoso – Por Caio Pimenta

0
Caio Pimenta

A deslealdade começa a ser a principal característica do PT alagoinhense. Algo vergonhoso para um partido conhecido por sua língua venenosa para com adversários políticos. Nessa hora não é demais lembrar que QUEM TEM TELHADO DE VIDRO, NÃO PODE JOGAR PEDRA NO TELHADO DO VIZINHO.

A retórica petista em Alagoinhas, hoje se transforma em hipocrisia. MENTIRA, foi isso que o PT alagoinhense disseminou através de seu novo pré-candidato, Radiovaldo Costa, nas várias entrevistas que concedeu, ao afirmar que a troca de pré-candidato havia sido feito de forma consensual, inclusive com a aceitação do Luciano Sérgio.

MENTIRA, porque foi desmentida categoricamente por Luciano Sérgio, que confiou na palavra do diretório municipal e de seus dirigentes partidários, que mais uma vez provaram que não conseguem manter a palavra dada. Que adjetivos podemos dar a tal atitude?! Deixo a cargo de você leitor.

Pior papel cumpriu Radiovaldo Costa, vítima da mesma falta de palavra, da mesma deslealdade do PT que em 2016 lhe negou a oportunidade de disputar a prefeitura de Alagoinhas. Situação que manchou o nome do partido na cidade e culminou na saída do próprio Radiovaldo, que voltou a posteriori para participar dessa ação desleal contra o vereador Luciano Sérgio.

Radiovaldo demonstrou falta de consideração com alguém que em 2018 abriu mão de sua candidatura ao legislativo estadual em função de seu nome. Mostra oportunismo, na pior expressão da palavra, ao se permitir participar de uma articulação ardilosa para demover a oportunidade de Luciano concorrer à prefeitura.

Realmente o PT e Radiovaldo se merecem. Infelizmente Luciano, uma figura conhecida pela sua seriedade e trabalho, é vítima da deslealdade do PT alagoinhense.

Escrito por Caio Pimenta, bacharel em Direito, radialista, comentarista do Programa Primeira Mão da rádio Ouro Negro FM 100,5 FM e rádio 2 de Julho. Ele também é editor-chefe do site News Infoco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *