Patrimônio declarado por Paulo Cezar à Justiça Eleitoral multiplicou 1060 vezes em 12 anos

0
Paulo Cezar

O valor dos bens declarados pelo candidato do DEM à prefeitura de Alagoinhas, Paulo Cezar, multiplicou em 1060 vezes em 12 anos. Em 2008, ano em que foi eleito prefeito de Alagoinhas, Paulo Cezar declarou à Justiça Eleitoral possuir apenas um celular no valor de R$ 300,00. Passados 12 anos, o valor dos bens declarados por Paulo Cezar à Justiça eleitoral foi de R$ 318.000,00. As informações são do TSE.

Após a eleição de 2008, Paulo Cezar foi reeleito prefeito de Alagoinhas em 2012 e disputou o cargo de deputado estadual em 2018, mas não se elegeu.

No mesmo período, entre 2008 e 2020, os bens declarados por Joaquim Neto também registraram acréscimo. Em 2008, quando Joaquim foi eleito prefeito de Sátiro Dias, ele declarou ter R$262.002,22 em bens. Passados 12 anos, ele declarou à Justiça Eleitoral R$ 499.338,37 em bens, quase o dobro. Porém, 54,06% desse valor é proveniente de um empréstimo que o candidato diz ter contraído em favor de uma das empresas da qual possui participação acionária.

Já o candidato Radiovaldo Costa, do PT, que em 2008 disputou a eleição para vereador, declarou à época ter bens que somavam R$160.000. O valor era referente a um apartamento e um veiculo corolla ano 2005. Passados 12 anos, Radiovaldo declarou à Justiça Eleitoral R$209.607,00 em bens. Esse valor corresponde à valores depositados em conta corrente e conta poupança e uma casa que possui.

Os demais candidatos que disputam a prefeitura de Alagoinhas este ano, não disputaram cargos eletivos em 2008.

Por Caio Pimenta para o News Infoco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *